Entenda como funciona o sistema de educação pública brasileira!

O sistema de educação pública brasileira tem sido atormentado por problemas sócio-estruturais e manteve-se substancialmente subfinanciado apesar do desenvolvimento econômico positivo do país nos últimos anos.

Além disso, as aulas em escolas públicas são principalmente ensinadas em português, razão pela qual muitos expatriados no Brasil enviam seus filhos para escolas privadas ou internacionais. Felizmente, escolas privadas ou internacionais são encontradas em quase todas as regiões do Brasil.

Estrutura escolar no Brasil

Os padrões de educação em escolas públicas no Brasil são baixos devido à superlotação, falta de material acadêmico e pessoal docente e relatos de violência. As crianças devem comparecer a escolas públicas próximas do local de residência, uma vez que atingem a idade de seis anos.

Estrutura Educacional Brasil

O sistema educacional no Brasil está estruturado da seguinte forma:

  • Educação Infantil também é conhecida como pré-escola opcional. É dividido em dois: a Maternal, composta por estudantes com idade entre 2 a 5 anos, concentra-se em estabelecimentos de contato social, e Jardim, que consiste em estudantes com idade entre 3 a 6 anos e se concentra no desenvolvimento de habilidades acadêmicas;
  • Escola primária que é dividida em Ensino Fundamental I compreendendo os anos escolares 1 a 5 e Ensino Fundamental II, composto dos anos escolares 6 a 9;
  • O ensino secundário, também conhecido como Ensino Medio, é formado por estudantes com idade entre 15 e 18 anos;
  • A educação universitária é conhecida como Ensino Superior.

Devido ao espaço insuficiente, os estudantes frequentam três sessões escolares separadas por dia. Essas sessões correm pela manhã, tarde e noite. As crianças devem participar de uma sessão por dia.

Escolas privadas e internacionais

Muitos expatriados no Brasil enviam seus filhos para escolas privadas porque a maioria deles está melhor equipada e atua melhor que as escolas públicas.

Escolas internacionais seguem currículos americanos ou britânicos e são credenciados no exterior, o que significa que os alunos podem optar por promover sua educação em qualquer lugar do mundo. Escolas internacionais administradas por brasileiros preparam seus alunos para um Bacharelado Internacional, oferecendo educação bilíngüe.

Alguns expatriados preferem enviar seus filhos às escolas privadas brasileiras comuns que seguem o currículo brasileiro, principalmente devido às taxas mais baixas cobradas, bem como para ajudar seus filhos a ter uma idéia da cultura brasileira.

É recomendável providenciar aulas particulares de Português se você deseja que seu filho esteja matriculado em uma dessas escolas. Isso garantirá que a criança se integre completamente nas escolas e que elas possam acompanhar o currículo e as atividades da escola.

A cidade que oferece mais escolha em termos de escolas privadas é São Paulo, que abriga a Escola de São Paulo, uma das melhores escolas do país. Outras escolas respeitáveis ​​incluem a Escola Americana de Brasília e a Escola Americana no Rio de Janeiro.

O que considerar antes de matricular seu filho na escola?

Os pais que precisam matricular seus filhos devem realizar pesquisas antes de se mudarem para o Brasil. É imperativo saber o custo das propinas, as atividades oferecidas nas escolas em que você está interessado e onde as escolas estão localizadas.

Estrutura Educacional Brasil

Os procedimentos de inscrição e admissão variam de uma escola para outra. No Brasil, as propinas de escolas internacionais são muito caras e podem custar milhares de reais por prazo. Pode ser dada preferência aos alunos com base na nacionalidade, uma vez que o espaço é frequentemente limitado.

Embora as taxas de propinas para escolas internacionais sejam freqüentemente altas, elas fornecem valor para o dinheiro porque as escolas realizam escolas públicas muito melhores do que as mais baratas.

As escolas internacionais têm tamanhos de aula menores, o que permite que os tutores forneçam atenção pessoal aos estudantes. Além disso, os alunos nessas escolas estão expostos a uma ampla gama de atividades extracurriculares.

Horário escolar e feriados

As datas para férias escolares são estabelecidas pelos governos locais. No entanto, julho é geralmente o mês do feriado e a maioria das atividades escolares geralmente são interrompidas durante este período.

https://twitter.com/luizpaulo93ofi1/status/893209264910737409

Os alunos também conseguem uma pausa no final do ano civil. Além disso, as escolas primárias devem estar de férias por pelo menos 200 dias por ano. Um termo típico da escola geralmente é de fevereiro a junho e de agosto a dezembro.

Atividades extracurriculares

Escolas internacionais oferecem uma variedade de atividades, incluindo música, esportes, artes, culinária, teatro, jogos e escrita. As escolas mantêm contato com vários grupos externos para apoiar estudantes com propinas e treinamento.